Taise Walber: Cortar alimentos com glúten da alimentação é prejudicial e não garante perda de peso

Cortar alimentos com glúten da alimentação é prejudicial e não garante perda de peso



Oi Linduxas!!

Quem me acompanha nas outras redes sociais (Instagram, SnapChat e FanPage), já sabe que, desde o dia 27/06, recomecei o meu Projeto #EnxugaLinduxa com força total! Desde então, tenho feito todas as pesquisas possíveis para uma reeducação alimentar de qualidade e eficaz. 


Muito tem se falado sobre o Glúten, ele geralmente aparece como o vilão, e por isso até pensei em cortar da minha dieta. Mas vejam só o que alguns nutricionistas afirmam sobre o assunto...




O glúten é apontado como grande vilão da perda de peso. Na verdade, a perda de peso causada pela exclusão do glúten da alimentação vem da restrição nos alimentos ingeridos e a consequente redução na ingestão calórica diária, como afirma Aretha Magalhães, nutricionista da Equilibrium e consultora de Fortaleza, uma das principais marcas de massas e biscoitos do país.

Ao retirar alimentos com glúten da dieta, a pessoa naturalmente vai consumir menos calorias, pois grande parte da alimentação natural é composta por estes alimentos”, explica Aretha. “Mas não é o glúten que causa ganho de peso e sim os acompanhamentos gordurosos e calóricos consumidos juntos que podem dificultar o emagrecimento”, reforça.

A nutricionista conta ainda que o glúten é uma proteína presente em cereais como trigo, centeio, cevada e aveia e nos alimentos feitos com esses cereais, como é o caso das massas. A restrição destes alimentos só é recomendada para quem tem intolerância, alergia ao trigo ou, ainda, aqueles que sofrem da Doença Celíaca.

“O glúten em si não engorda e não há nenhuma comprovação científica de que seja prejudicial para indivíduos não celíacos, ou que possuam alergia ou intolerância ao glúten”, diz Aretha.

O grande problema da dieta que proíbe o consumo de alimentos com glúten é a redução do carboidrato, presente nas massas, por exemplo. Os principais efeitos sentidos por quem restringe o consumo de carboidratos são cansaço, dor de cabeça, sonolência, fraqueza, falta de concentração, tontura e até desmaios.

Manter uma dieta balanceada, com quantidades adequadas de carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais é essencial para o bom funcionamento do organismo. “Os carboidratos presentes nas massas são responsáveis em fornecer nutrientes energéticos necessários para o corpo realizar nossas atividades normais, como andar e trabalhar”, explica a nutricionista.

Consumir macarrão, na quantidade correta e com os acompanhamentos indicados, pode até contribuir na redução do peso. Isso acontece porque a massa combinada com proteínas magras, como peixe ou carne branca, proporciona uma saciedade mais prolongada. Segundo Aretha, a quantidade ideal média recomendada para um adulto é de dois pegadores de massa (200 gramas do alimento cozido) numa refeição, sempre acompanhados de uma fonte de proteína grelhada, como carnes, frango ou peixe e legumes variados.

Agora façam suas escolhas...

Me acompanhem nas outras Redes Sociais:
Instagram: @taisewalber
Instagram do Projeto: @enxuga_linduxa


3 comentários:

  1. Eu sigo dieta + que regrada só que nunca cortei o glúten, não consigo kkkkkkk

    Beijinhos,
    Blog da Pam

    ResponderExcluir
  2. Eu nao cortei lutem no geral, mais faço RA...
    Mas sempre bom aprender pouco mais
    bjs linda

    ResponderExcluir
  3. Oi Taise ,eu nao elimino glúten do meu cardápio, mas como sem exagero .Beijos na família Walber .

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo aqui no blog!! Aceito Críticas, mas apenas as construtivas. Falta de respeito, xingamentos e abusos não serão permitidos aqui no Blog.
Obrigada pela visita, e volte sempre que quiser.

Postagens mais visitadas